Um novo acessório para smartphone poderia poupar-lhe uma viagem ao oftalmologista

Você pode pensar que não é nada difícil ir ao oftalmologista, mas para as pessoas que moram em regiões remotas do mundo, chegar  a um oftalmologista não é tão fácil. Por esse motivo, um novo dispositivo revolucionário chamado D-EYE poderia mudar a vida de milhões de pessoas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 80% da deficiência visual sofrida em todo o mundo poderia ser prevenida ou curada através de exames oftalmológicos e cuidados preventivos.

A D-EYE é como um “clipe de lente” que pode ser acoplado na parte traseira de um smartphone (atualmente ele é compatível com o iPhone 5,5S e 6, e também com o Samsung S4 e S5). Ele não é invasivo, é simples de configurar e não requer energia para funcionar, podendo trabalhar em qualquer lugar. Em conjunto com um aplicativo, os pacientes podem filmar seu próprio exame, que é enviado de volta a um especialista através da web.

Imagem mostrando a utilização do D-EYE. Fonte: http://www.sciencealert.com/a-new-smartphone-attachment-that-could-save-you-a-trip-to-the-eye-doctor
Imagem mostrando a utilização do D-EYE. Fonte: Science Alert

Graças ao suporte inovador, a lente ocular e o sistema de imagem da retina que compõem o D-EYE, você pode carregar uma câmara para fazer exame de fundo de olho em seu bolso. “Realizar exames oftalmológicos de rotina e exames de retina em qualquer lugar para possível detecção de uma variedade de doenças, incluindo as principais causas de cegueira – catarata, glaucoma, retinopatia diabética e degeneração macular relacionada à idade”, os inventores explicam no site oficial do projeto.

O gadget foi desenvolvido pelo oftalmologista Andrea Russo, juntamente com a empresa de desenvolvimento de tecnologia italiana Si14 SpA. Uma vez que a ligação entre o médico e o paciente é estabelecida, os médicos são capazes de controlar remotamente o dispositivo e escolher o local do olho para olhar, assim como definir e avaliar prontuários. Ele fornece uma visão abrangente do interior do globo ocular (incluindo a retina, disco ótico, mácula, fóvea e pólo posterior).

Dispositivo acoplado ao smartphone.
Dispositivo acoplado ao smartphone. Fonte: Science Alert 

O D-EYE usa uma combinação de divisores de feixes e alavancas criadas usando flash LED, lente da câmera do smartphone e autofoco. Até o momento, a lente custa € 400 (atualmente, quase R$ 1.300), com o acessório amortecedor vendido individualmente por € 40 (cerca de R$ 139), enquanto o aplicativo é gratuito para download. Existem também planos para um serviço em nuvem para apoiar o gadget e para armazenar as imagens.

Fonte: Science Alert.

Vinicius Mussi

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e mestre em Biociências e Biotecnologia pela UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
Vinicius Mussi

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e mestre em Biociências e Biotecnologia pela UENF – Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

%d blogueiros gostam disto: