Veja as incríveis microfotografias vencedoras do concurso Small World de 2015

A Nikon – companhia especializada em óptica e imagem, que produz de câmeras fotográficas a lentes de microscópios – realiza um concurso de microfotografia anualmente, chamado de  Small World Photomicrography Competition. E as imagens vencedoras deste ano já foram anunciadas! São incríveis!

Essa competição começou em 1975 (quando ainda se usavam filmes nas máquinas fotográficas!), como uma forma de reconhecer o esforço das pessoas que trabalhavam com fotografia através de microscópios de luz, que na época era bem maior do que hoje! Se hoje em dia achamos difícil tirar uma foto através da ocular de um microscópio usando o celular (conseguir alinhar a lente do seu celular com a ocular é difícil mesmo!), imagina usando filmes fotográficos! Os microscopistas tiravam uma foto e tinham que esperar o filme ser revelado… E a foto ainda poderia ter ficado ruim. Tenso, né?

O ganhador de 1975 - Cristais de ácido oxálico durante a precipitação (aumento de 100x), utilizando microscopia por luz polarizada transmitida. Foto de James Dvorak. Fonte: Nikon Small World
O ganhador de 1975 – Cristais de ácido oxálico durante a precipitação (aumento de 100x), utilizando microscopia por luz polarizada transmitida. Foto de James Dvorak. Fonte: Nikon Small World

O concurso aceita fotos de amadores e de profissionais, desde que sejam tiradas com qualquer técnica de microscopia de luz (contraste de fase, campo claro, luz polarizada, fluorescência, confocal e várias outras). O importante é que a estrutura, cor, composição e o conteúdo da foto gerem uma bela imagem! Ou seja, não é tão fácil quanto tirar uma selfie…

E vamos aos ganhadores de 2015!

“And the Oscar goes to…”

1º lugar – Ralph Claus Grimm, com a fotografia do olho de uma abelha (Apis mellifera) coberto por pólen de dente-de-leão (aumento de 120x), através de microscopia de luz refletida.

bee-eye100x

2º lugar – Kristen Earle, Gabriel Billings, KC Huang e Justin Sonnenburg, com a imagem do cólon de um rato colonizado com microbiota humana (aumento de 63x), utilizando microscopia confocal.

2

3º lugar – Dr. Igor Siwanowicz, com a “boca” de uma planta carnívora de água doce da espécie Utricularia gibba, utilizando um microscópio confocal (aumento de 100x).

3

4º lugar – Daniel H. Miller e Ethan S. Sokol, com a fotografia de uma glândula mamária humana cultivada em laboratório, através da técnica de confocal (aumento de 100x).

4

5º lugar – Dr. Giorgio Seano e Dr. Rakesh J. Jain, com a imagem da vasculatura de um cérebro de rato com glioblastoma, obtida com uma técnica chamada de Optical Frequency Domain Imaging System.

5

6º lugar – Henri Koskinen, com a fotografia de uma cápsula de esporos de musgo (Bryum sp.), utilizando a técnica de luz refletida.

6

7º lugar – Evan Darling, com a fotografia de uma 0estrela-do-mar através da microscopia confocal (aumento de 10x).

7

8º lugar – Dr. Tomoko Yamazaki, com essa bela imagem dos nervos e vasos sanguíneos da pele de uma orelha de rato, através de microscopia confocal (aumento de 10x).

8

9º lugar – Dr. Nathanaël Prunet, com esta microfotografia dos botões de uma planta do gênero Arabidopsis, com o uso de confocal (aumento de 40x).

9

10º lugar – Ian Gardiner, com este pequeno molusco vivo, da espécie Cyzicus mexicanus, utilizando microscopia de campo escuro (aumento de 25x).

10

O que você achou das vencedoras? Conta pra gente!

Fonte: Nikon Small World

Igor Cunha

Biomédico, formado pela Faculdade do Espírito Santo - UNES, Mestre em Biociências e Biotecnologia na UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Últimos posts por Igor Cunha (exibir todos)

Igor Cunha

Biomédico, formado pela Faculdade do Espírito Santo – UNES, Mestre em Biociências e Biotecnologia na UENF – Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

%d blogueiros gostam disto: