Tardígrados se transformam em vidro quando secam

Os tardígrados são criaturas extremamente resistentes que podem se transformar em vidro para suportar extrema dessecação, relatou o biólogo Thomas Boothby da Universidade da Carolina do Norte, no dia 15 de dezembro na reunião anual da American Society for Cell Biology.

Boothby e seus colegas descobriram que os “ursos de água” (os tardígrados) produzem determinadas proteínas em condições secas. Essas proteínas são moles e disformes quando os tardígrados estão hidratados. Quando os animais secam, as proteínas dobram-se na forma de um sólido vitrificado que encapsula e protege outras proteínas e moléculas que normalmente quebram-se quando dessecadas. A adição de água derrete o “vidro” e o tardígrado se recupera. De acordo com os colaboradores de Boothby, leveduras modificadas para produzir as “proteínas de vidro” do tardígrado sobrevivem melhor à dessecação.

121615_ti_tardigrade_free
Os tardígrados, produzem proteínas que se transformam “em vidro”, quando estes animais microscópicos secam. O vidro preserva outras proteínas. Fonte: Science News.

A redução dos níveis das “proteínas de vidro” dificulta a resistência à dessecação dos tardígrados, mas não prejudica a sua notável capacidade de resistir ao frio extremo. Isso sugere que outras proteínas ofereçam proteção contra o frio, disse Boothby.

O “vidro” do tardígrado pode ter usos práticos, como em agentes conservantes de proteínas que sejam úteis num estado seco, por exemplo, de acordo com os experimentos realizados com a enzima lactato desidrogenase. Ela perde a sua atividade quando seca, porém quando os pesquisadores misturaram a enzima com as “proteínas de vidro” antes da secagem, a enzima recuperou sua atividade normal quando reidratada. Misturar proteínas de tardígrados após a secagem não ajudou, indicando que essas “proteínas de vidro” precisam envolver outras moléculas para protegê-las.

Essas proteínas podem um dia ajudar a preservar as vacinas nas partes do mundo onde mantê-las frias é impraticável, Boothby sugeriu.

Traduzido originalmente de: Science News.

Vinicius Mussi

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e atualmente mestrando em Biociências e Biotecnologia pela UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
Vinicius Mussi

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e atualmente mestrando em Biociências e Biotecnologia pela UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

%d blogueiros gostam disto: