Salmonella pode ser um novo tratamento para o câncer

As salmonellas são bactérias Gram-negativas não esporuladas e móveis, pertencentes à família das enterobacteriáceas. Nos seres humanos essas bactérias são responsáveis por diferentes quadros clínicos, como a febre tifóide e paratifoidea, gastrenterite por Salmonella e infecções localizadas.

Um estudo realizado recentemente em ratos mostrou que a Salmonella typhimurium faz o sistema imunológico combater as células cancerígenas. A bactéria foi modificada em laboratório para produzir uma proteína chamada flagelina B (FlaB) e não causar toxicidade. Em seguida injetaram essa bactéria modificada em ratos com câncer.

Os cientistas observaram que a Salmonella typhimurium infectou os tumores e em seguida irritou e excitou o sistema imunológico das cobaias, estimulando-o a atacar os tumores. Em 11 dos 20 ratos testados, os tumores encolheram até se tornarem indetectáveis. Os resultados obtidos são promissores e devem entrar para a lista de possíveis tratamentos.


Referências

ZHENG, Jin Hai; NGUYEN, Vu H.; JIANG, Sheng-Nan; PARK, Seung-Hwan; TAN, Wenzhi; HONG,  Seol Hee; SHIN, Myung Geun. Two-step enhanced cancer immunotherapy with engineered Salmonella typhimurium secreting heterologous flagellin. Science Translational Medicine. V.09, 08. Feb.2017.

Juliana Dalbó

Juliana Dalbó

Biomédica, formada pela UNES - Faculdade do Espírito Santo, com especialização em Gestão em Saúde Pública e Meio Ambiente pela Universidade Cândido Mendes - UCAM. Atualmente cursa doutorado em Biotecnologia na Universidade do Espírito Santo pela RENORBIO - Rede Nordeste de Biotecnologia.
Juliana Dalbó

Juliana Dalbó

Biomédica, formada pela UNES - Faculdade do Espírito Santo, com especialização em Gestão em Saúde Pública e Meio Ambiente pela Universidade Cândido Mendes - UCAM. Atualmente cursa doutorado em Biotecnologia na Universidade do Espírito Santo pela RENORBIO - Rede Nordeste de Biotecnologia.

%d blogueiros gostam disto: