Níveis “extraordinários” de poluentes são encontrados nas zonas mais profundas do oceano

Os bifenilos policlorados (ou PCBs, do inglês polychlorinated biphenyl) são produtos químicos resistentes. Criados principalmente para equipamentos elétricos e durante a incineração de resíduos, sua produção foi proibida a partir de 1979 devido ao risco de câncer e outras preocupações de saúde.

Mas os PCBs resistiram à degradação e espalharam-se por toda parte, atingindo o Ártico e a Antártida. Agora, os pesquisadores relatam encontrar PCBs em crustáceos vivendo em duas das fossas mais profundas do oceano.

Durante duas expedições em 2014, uma equipe internacional coletou animais selvagens da Fossa das Marianas, no Pacífico Norte, e da Fossa de Kermadec, no Pacífico Sul. Quando analisaram pequenos crustáceos de camarão chamados anfípodes, detectaram níveis “extraordinários” de muitos tipos de PCBs, superando os de águas poluídas na superfície.

Anfípodes. Créditos: Dr. Alan Jamieson, Newcastle University.

As amostras mais contaminadas da Fossa das Marianas – um longo canyon submarino, ao sul do Japão, com cerca de 11 quilômetros de profundidade – tinham concentrações 50 vezes maiores do que os caranguejos estudados em um rio chinês altamente poluído, como informa a equipe na revista Nature Ecology & Evolution.

Os anfípodes também continham éteres difenílicos polibromados, outro tipo de poluente persistente amplamente utilizado como retardadores de chama. Os produtos químicos tóxicos provavelmente afundam nessas fossas em pedaços decadentes de carniça ou em pedaços de plástico. A Fossa das Marianas se assenta sob uma coleção enorme do lixo conhecida como “A Grande Mancha de Lixo do Pacífico”. Mesmo o fundo do oceano não se encontra seguro da poluição humana.

Matéria originalmente traduzida da revista Science.

Vinicius Mussi

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e mestre em Biociências e Biotecnologia pela UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
Vinicius Mussi

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e mestre em Biociências e Biotecnologia pela UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

%d blogueiros gostam disto: