Pesquisadores criam robôs com capacidade de autocura

Um novo tipo de robô macio pode sofrer um corte por uma faca e se recuperar completamente em cerca de um dia.

Os pesquisadores criaram uma mão robótica, uma pinça e um músculo a partir de um material de borracha autocurável (veja na imagem que está lá em cima). Para testar a recuperação de seus robôs, os engenheiros cortaram cada um deles com um bisturi e colocaram os robôs no forno.

Depois da temperatura chegar a 80 °C, e ficar cozinhando por 40 minutos, os robôs foram resfriados até atingir a temperatura ambiente. Ao analisá-los, os pesquisadores descobriram que os cortes dos três robôs tinham fechado completamente. Vinte e quatro horas depois, as máquinas haviam recuperado pelo menos 98% de sua força e flexibilidade originais, como os pesquisadores disseram na revista Science Robotics.

As incisões quebraram ligações entre dois ingredientes químicos que compõem o material: furano e maleimida. Em temperaturas mais elevadas, esses compostos químicos também podem se dividir, além de se movimentarem mais facilmente. Assim, à medida que os pesquisadores esfriaram o material, os compostos conseguiram se religar com o outro lado da incisão.

Os pesquisadores trataram as feridas de seus robôs, aquecendo-os de 25°C a 80 °C e resfriando-os novamente. O processo permitiu que compostos químicos dentro do material se separassem e forjassem novas ligações que fechassem o corte. Créditos: S. TERRYN ET AL/SCIENCE ROBOTICS 2017.

“Este material poderia se curar, em teoria, um número infinito de vezes”, diz o engenheiro Bram Vanderborght, da Universidade Vrije de Bruxelas.

O trabalho ajuda a contornar uma grande limitação dos robôs macios e flexíveis – que são mais adequados para vencer terrenos acidentados e manipular objetos frágeis do que os robôs rígidos, mas são vulneráveis ​​a perfurações e cortes. As máquinas que se autocuram podem abrir caminho para a criação de robôs macios, mais duráveis ​​e reutilizáveis.

Matéria originalmente traduzida da revista Science News.

Vinicius Mussi

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e mestre em Biociências e Biotecnologia pela UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
Vinicius Mussi

Últimos posts por Vinicius Mussi (exibir todos)

Vinicius Mussi

Capixaba, graduado em Biomedicina, com especialização em Saúde Pública e mestre em Biociências e Biotecnologia pela UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

%d blogueiros gostam disto: